terça-feira, 15 de setembro de 2009

Abstract Bitch

*

*

Ela gosta de cruzar as pernas quando você passa, sobe um pouco a saia e te ensina no final de suas apostas. É uma mulher que vive nos hipódromos para roubar a sorte de homens que esperam por trás das arquibancadas. A ela não lhe cabe os sinais do trafego, nem os potes de conserva que estão de oferta na semana, ela não gosta de comprar, não gosta de roubar, nem pedir emprestado. Ela gosta de deslizar-se e deixar que os demais lhe ofereçam alternativas.

*

*

*


8 comentários:

Carlos Howes disse...

Sob uma visão de "carteado", diríamos que ela é uma típica jogadora que sabe jogar muito bem com o que tem!

Gosto muito de ler essas pequenos pedaços de realidade...

Junior Bellé disse...

Já vi algumas destas longe dos hipódromos.

[ rod ] ® disse...

longe dos olhos... toda carne suscita um desejo quase viril, quase santo... quase pecador... bjs.

*** Cris *** disse...

Ei, kd vc moça?
Saudades! Espero que esteja bem.
Bjs!

Marcelo Novaes disse...

Ela ganha todos os páreos...






Beijos,







Marcelo.

Coração Alado disse...

essa tem o poder!
:)

Nasci disse...

Olá Laurinha! Onde estão seus novos textos? Quero ler novidades... Grande abraço para ti e teu povo. Nasci

[ rod ] ® disse...

Por onde andas moça? Sumistes!